Criação Publicitária – E agora?

Hoje tive o prazer de participar do 1º Bate Papo de Criação, realizado pelo Blog do Crespo, com alguns nomes incríveis que deixaram sua marca (licença poética ao trocadilho) no hall da fama do mercado brasileiro: Eugênio Mohallem, Pedro Araújo, Erick Mendonça, Lelo Brito, Zé Luiz Martins, Kiko Borger e mediação do Guilherme Crespo, e gostaria de dar minha percepção de todo o cenário.

Um evento deste tipo é algo muito grandioso, pois além de gerar discussão da realidade de mercado de cada um, é uma grande oportunidade de ouvir histórias e aproximar pessoas com tanta bagagem e vivência em grandes agências. O mercado de publicidade é muito amplo, posso falar por mim, com mais de 10 anos de experiência, trabalhei em grandes empresas, hoje tenho a minha agência, mas nunca tive vivência na realidade de agências de grande porte, que são diferentes, que são as que dão visibilidade das campanhas de alta veiculação e que fatalmente criam aquela campanha que você lembra e gosta muito.

Independente do rumo que você busque ou que sua carreira tenha tomado por “força do destino”ou opção, se eu pudesse dar um conselho a qualquer um é: ouça, ouça muito, ou leia o que esses caras, não somente esses que listei do evento de hoje, mas os caras que estejam em uma posição de destaque, que fazem um trabalho que você admira, tem a falar. Seja na exposição de cases, dicas de portfólio, de approach, situações problemáticas e suas resoluções, cada um deles deu um ponto de vista extremamente relevante, que podemos aplicar no nosso cotidiano, principalmente na discussão do tema criatividade.

Dada essa análise geral, chego na parte onde me identifiquei muito. Fiquei com um misto de tristeza e alívio. No encerramento do Bate Papo, Eugênio Mohallem (sério, pesquisem o que esse cara fez, ele é um monstro da publicidade) começou “brincando de verdadinha” que tudo o que ele teria de falar  – ou ele estava certo ou ele era um puta de um ressentido – e começou a falar sobre posicionamento de agência, realidade de mercado, coisas que acabei descobrindo lá, uns temas que concordei muito, outros que nem tanto. O que realmente me pegou, foi que concluí que: estou frustada com a realidade da propaganda brasileira hoje.

Quando entrei na faculdade (ai, como somos ingênuos e cheios de sonhos nessa fase) e até antes, quando me descobri uma amante da publicidade, todos sabíamos na ponta da língua várias propagandas, eram assunto nas rodas de conversa, e os bordões, arrisco a dizer que eram os pais dos memes. A propaganda era muito mais rica, criativamente falando, consequentemente, o profissional de criação, muito mais valorizado. Hoje com todas as mudanças, que não convém aprofundar aqui, para não alongar demais a história, a realidade está muito mais complicada, e a profissão vem perdendo o brilho e tesão, tanto na questão artística quanto na remunerativa, e creio que todos perdem com isso. O alívio bateu por que eu achava que era um problema só meu,  perdida no meio, mas hoje eu vi que não estou sozinha. Triste, por que realmente não tem como ficar feliz com essa realidade. O negócio é buscar se adaptar.

 


2 comentários sobre “Criação Publicitária – E agora?

  1. Pois é, Aninha. O evento – agradeço sua presença – serviu para vermos os dois lados, tanto o da Era clássica quanto o das novidades do mercado atual. Cada qual com seu brilhantismos, podemos ver que realmente as coisas mudaram e muito. Os criativos de hoje são tão bons quanto os antigos, talvez melhores, talvez piores; mas a forma com que a agência se posiciona perante o cliente hoje em dia mudou bastante, de fato. Agradeço por você ter ido e fico feliz que, assim como aconteceu comigo, o evento tenha servido para analisarmos as mudanças da nossa profissão. Beijo grande.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s